quarta-feira, 25 de abril de 2012

26 de abril é o Dia Nacional de Combate à Hipertensão



O CRAS de Santo Antonio, através da oficina:  Grupo Tarde do Saber!  -Informa e Orienta:


A hipertensão é uma doença silenciosa, que atinge cerca de 24% da população brasileira.
essa doença  atinge 1 em cada 4 brasileiros

O que é Hipertensão?
A hipertensão arterial ou pressão alta, é uma doença que ataca os vasos sanguíneos, coração, cérebro, olhos e pode causar paralisação dos rins. Ocorre quando a medida da pressão se mantém frequentemente acima de 140 por 90 mmHg.
Fatores de risco
Essa doença é herdada dos pais em 90% dos casos, mas há vários fatores que influenciam os níveis de pressão arterial, entre eles:
Fumo
Consumo de bebidas alcoólicas
Obesidade
Estresse
Grande consumo de sal
Níveis altos de colesterol
Falta de atividade física
Além desses fatores de risco, sabe-se que a sua incidência é maior na raça negra, aumenta com a idade, é maior entre homens com até 50 anos e entre mulheres acima de 50 anos, é maior em diabéticos

Responsável oficina: Grupo Tarde do Saber: Técnica/CRAS  - Marineide Clemente – Assistente Social

Realização e apoio:
Prefeitura Municipal de Santo Antonio-RN
Prefeito: Dr Gilson Geraldo de Oliveira
Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania
Secretária Municipal de Assistência Social: Dra Maria Gorette Gabriel Soares

terça-feira, 24 de abril de 2012

Atenção você que esta procurando emprego


O CRAS - Centro de Referência da Assistência Social de Santo Antonio através da Secretaria de Assistência Social realizará o 1º Curso de Como se apresentar em uma entrevista de emprego e elaboração do Currículo Vitae.

As inscrições podem ser feitas a partir do dia 15 de maio, na sede co CRAS, Rua Jairo de Souza, Bairro do Carmo, por trás da Promotoria de Justiça.

Atenção: as vagas são limitadas e as inscrições gratuitas.

Maiores informações: 3282 2267

quinta-feira, 19 de abril de 2012

CONVITE


O Centro de Referência de Assistência Social de Santo Antonio convida as famílias participantes do Projeto Bolsa Família para o exercício da Cidadania, para comparecerem às reuniões dos grupos. As reuniões acontecem nas segunda, terça, quarta e quinta-feira das 8h30 e às 14h.

Secretaria de Assistência Social através CRAS realiza Curso de Pintura


CURSO - PINTURA CIDADÃ - "A família como foco de inclusão produtiva"

O Centro de Referência de Assistência Social- CRAS, como local de referencia na busca de atividades de inclusão produtiva das famílias beneficiarias do Programa Bolsa Família e/ou familias em situações de vulnerabilidade social, através do PAIF - Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família, busca inserir essas famílias aos serviços socioassistenciais, por intermédio do curso de arte e pintura em tecido.

Objetivo Geral: incluir as famílias para a emancipação da cidadania.
Objetivo especifico: capacitar para geração de renda e complementar ao beneficio social do BPF.
Metodologia: Reuniões socioeducativas ofertadas antes do inicio de cada ciclo de oficina do curso ministrados pela equipe técnica (profissionais do CRAS: Assistentes Sociais e Psicólogos), com temas diversificados alusivos a saúde social da família e comunidade, meio ambiente, direitos , deveres e cidadaniae tantos outros sugeridos pelos usuarios...etc, na propria sede do CRAS.

Sendo esse curso de arte e pintura em tecido, ministrado por profissional com formação de ARTE E PINTURA - (Educador em Arte e Pintura do CRAS).

O curso acontece três dias na semana ( segunda, terça e quarta no período vespertino das 13:30min ás 16:00 horas (OBS: a reunião socioeducativa antece ao curso com duração de 30 min).


VAMOS CONFERIR ALGUNS DESSES MOMENTOS...





Considerações finais: Esperamos que o curso capacite as familias para desenvolver suas potencialidades na perspectiva de melhoria na qualidade de vida da familia.

quarta-feira, 18 de abril de 2012

União, estados e municípios estabelecem metas para construção de centros de assistência social

A Comissão Intergestores Tripartite (CIT) pactuou, durante sua 111ª reunião, em Brasília, os critérios, prazos e procedimentos para municípios enviarem propostas para a construção de equipamentos públicos de assistência social. A CIT reúne o governo federal e os gestores estaduais e municipais da área. A meta do Plano Brasil Sem Miséria para este ano é construir 200 Centros de Referência de Assistência Social (Cras), 100 Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) e cinco Centros de Referência Especializados para População em Situação de Rua (Centros POP).

Pelos critérios estipulados, os municípios habilitados em gestão básica ou plena do Sistema Único de Assistência Social (Suas) poderão apresentar propostas para construção de Cras. No entanto, eles não podem ter celebrado contrato de repasse com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para construir Cras entre 2009 e 2011 e devem ter pelo menos uma unidade cadastrada no Censo Suas 2011, com Índice de Desenvolvimento do Cras (IDCras) maior ou igual a 8.

O IDCras, obtido por meio do Censo Suas, é um indicador que classifica cada unidade numa variação de 1 a 10, baseado em estágios de desenvolvimento dos Cras a partir da avaliação dos seguintes aspectos: estrutura física, horário de funcionamento, atividades realizadas e recursos humanos.

Para o financiamento destinado à construção de equipamentos da Rede de Proteção Social Especial, foram estipulados os seguintes critérios:

Creas municipal – Municípios que não tenham celebrado contrato de repasse com o MDS para construir Creas entre 2009 e 2011, que possuam pelo menos uma unidade cadastrada no Censo Suas de 2011, que não estejam instaladas em imóvel próprio, que tenham uma equipe mínima de referência e que recebam o cofinanciamento federal por meio do Piso Fixo de Média Complexidade (PFMC) para apoio à oferta dos serviços pelos Creas.

Creas regional – Poderão apresentar proposta os estados que tenham Creas regional com execução direta do estado, instalados em imóvel não próprio, identificado por meio do Censo Suas 2011, com equipe de referência composta por profissionais de nível superior e cujos municípios vinculados sejam exclusivamente de pequeno porte.

Centro POP – Municípios que recebam o cofinanciamento por meio do PFMC e que não tenham Centro POP instalado em imóvel próprio.

Os valores máximos de referência para construção serão os seguintes:

Cras – R$ 270 mil para municípios de pequeno porte; R$ 350 mil para os de médio e grande porte, metrópoles e o DF.

Creas – R$ 280 mil para municípios de pequeno e médio porte; R$ 330 mil para estados, municípios de grande porte, metrópoles e para o DF.

Centros POP – R$ 400 mil.

Até 10 de junho, estados e municípios habilitados poderão apresentar propostas no site do Siconv (portal específico para os convênios do governo federal).

Esta semana, durante a Reunião Descentralizada e Ampliada do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS), em Manaus, a portaria sobre o financiamento será votada. Após sua aprovação, o sistema do Siconv estará disponível para inclusão de dados.

Fonte:
Por Fernanda Souza
Ascom/MDS
www.mds.gov.br/saladeimprensa


Ampliação do PAA beneficiará agricultores em situação de extrema pobreza

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), uma das principais ações de inclusão produtiva rural do Plano Brasil Sem Miséria, agora tem novas regras para sua execução. O modelo de convênios, por meio do qual estados e municípios firmaram parceria com a iniciativa, será substituído gradativamente por termo de adesão. O anúncio foi feito na segunda-feira (16), em Brasília, pela secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), Maya Takagi, durante teleconferência exibida pela TV NBR, do governo federal.

O novo modelo de execução do PAA é mais fácil e desburocratizado. Por isso, ele é considerado pelo MDS como mais adequado para incluir no programa as famílias de agricultores em situação de extrema pobreza, ou seja, com renda per capita mensal de até R$ 70. Segundo Maya Takagi, a meta do ministério para este ano é atender por intermédio do PAA 158 mil famílias extremamente pobres. O orçamento do PAA para executar a ampliação é de R$ 1,3 bilhão, envolvendo recursos do MDS e do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

De acordo com a secretária, após a aceitação do termo de adesão, estados e municípios serão responsáveis por cadastrar os agricultores, apoiar a logística de distribuição dos produtos, fornecer os dados das entidades que receberão os alimentos e incluir no sistema as informações sobre a produção.

A partir disso, eles serão pagos diretamente em uma instituição bancária oficial por meio de uma conta benefício, que terá um cartão específico para sua movimentação. “Não haverá necessidade de o agricultor abrir conta corrente. O pagamento será feito pela União, por meio do MDS, diretamente no cartão do fornecedor do PAA”, destaca a secretária.

Operação – Conforme a Resolução nº 45, do Grupo Gestor do PAA, publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (16), estados e municípios poderão pedir a inclusão no novo modelo de execução por meio do sistema informatizado do programa, o SISPAA. Ele gerará um termo de adesão que deve ser enviado ao MDS.

A diretora do Departamento de Apoio à Aquisição e à Comercialização da Produção Familiar da Sesan, Denise Reif Kroeff, também participou da teleconferência. Ela informou que para acessar o sistema é preciso ser um gestor designado pelo estado ou município e fazer o cadastramento do usuário mandando um e-mail com informações de identificação como nome, cargo, endereço completo e CPF para o seguinte endereço: sispaa@mds.gov.br.

A mudança será gradativa e não haverá descontinuidade, mas sim expansão de recursos para todos os parceiros executores, disse Maya Takagi. “Os convênios atuais continuam até o final de sua vigência”, garantiu a secretária. Somente os novos compromissos serão estabelecidos por meio de termo de adesão.

Ação – O PAA é um dos programas mais eficazes para a ampliação de mercados para o agricultor familiar. Seu objetivo é garantir o acesso a alimentos em quantidade e regularidade necessárias às populações em situação de insegurança alimentar e nutricional. Ele contribui também para a formação de estoques estratégicos, além de promover a inclusão social no campo.

O programa é executado por meio de parcerias com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), governos estaduais e municipais e, agora, também com consórcios públicos. O PAA é operado de quatro formas: compra direta, formação de estoques pela agricultura familiar, incentivo à produção e consumo de leite e compra com doação simultânea.

Segundo dados do Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 16,2 milhões de brasileiros vivem em situação de extrema pobreza. Do total, 7,5 milhões (47%) moram na zona rural.

Fonte:
Ascom/MDS
www.mds.gov.br/saladeimprensa

terça-feira, 17 de abril de 2012

Agricultores familiares do RN começam a receber o seguro Safra



Exatos 26,5 mil agricultores familiares situados em 45 municípios dos estados de Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte começam a receber, a partir desta terça-feira (17), o pagamento do seguro do Programa Garantia-Safra, referente à safra 2010/2011. O valor de R$ 640 será pago em quatro parcelas de R$ 160 nas mesmas datas de pagamento de benefícios sociais da Caixa Econômica Federal.

Os agricultores familiares são um dos públicos-alvo do Brasil Sem Miséria

A portaria que autoriza o pagamento foi publicada no Diário Oficial da União na segunda-feira (16) pela Secretaria da Agricultura Familiar (SAF) do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

O Garantia-Safra é um seguro, ou seja, uma ação de garantia de renda para as famílias agricultoras que vivem em municípios da região Nordeste, norte de Minas Gerais, Vale do Jequitinhonha e municípios do Espírito Santo. Com ele, o agricultor familiar com renda de até 1,5 salário mínimo tem a garantia de receber o seguro, em caso de secas ou enchentes que causem a perda de pelo menos 50% da produção do município. Os recursos são provenientes do Fundo Garantia-Safra, formado por contribuições da União, estados, municípios e agricultores familiares.

Avaliação de perdas

A determinação da perda média municipal leva em consideração a expectativa de produção de cada cultura coberta pelo Fundo Garantia-Safra, considerada com base nas médias calculadas a partir dos registros de rendimento médio da produção dos últimos dez anos do IBGE.

O percentual de perda é calculado com as informações de expectativa de produção e dados da produção colhida e da área plantada, informadas nos laudos de vistoria preenchidos pelo técnico vistoriador.

Quando o percentual de perdas é igual ou superior a 50%, esse percentual é confrontado com indicadores do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) e com informações do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), fornecido pelo IBGE. Assim, caso seja confirmada a perda de produção, os agricultores aderidos recebem a indenização do Fundo Garantia-Safra.

Fonte:
Ministério do Desenvolvimento Agrário

Conselho Nacional de Segurança Alimentar tem nova presidenta


A antropóloga Maria Emília Pacheco será a primeira mulher a presidir o Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea). A cerimônia de posse está prevista para as 15h desta terça-feira (17), no Salão Oeste do Palácio do Planalto, em Brasília, com a presença da presidenta Dilma, ministros de Estado, diversas autoridades e convidados. Na oportunidade também serão empossados os novos conselheiros titulares e suplentes para o biênio 2012-2013.
Confira o especial Mulheres Brasileiras
Na última reunião plenária do Consea, realizada no início do mês, os conselheiros escolheram o nome de Maria Emília para indicação à presidenta Dilma, a quem cabe a nomeação.

Perfil

Maria Emília nasceu em Leopoldina (MG) em 1948, é formada em Serviço Social pela Faculdade de Serviço Social de Juiz de Fora (MG) e possui mestrado em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Ela integra a Federação de Órgãos de Assistência Social e Educacional (Fase), o Fórum Brasileiro de Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (FBSSAN) e a Articulação Nacional de Agroecologia (ANA).

Maria Emília integrou a equipe que implantou o Instituto Nacional de Alimentação e Nutrição (Inan) em Minas Gerais. É anistiada política desde maio de 2009. Ela é conselheira do Consea desde 2004.

Fonte:
Secretaria de Direitos Humanos

domingo, 15 de abril de 2012

Teleconferência aborda novos desafios do PAA

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) realiza na próxima segunda-feira (16), das 9h às 10h30, a teleconferência “Os novos Desafios do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA)”.

Os convidados do programa são Maya Takagi, secretária nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, e Denise Reif Kroeff, diretora do PAA no ministério. O evento será transmitido ao vivo pela TV NBr, emissora do governo federal.

A teleconferência será exibida ao vivo para todo o Brasil, das 9h às 10h30. A transmissão ocorrerá também pela internet. O público poderá formular perguntas por telefone e/ou e-mail, que serão divulgados durante a teleconferência.

O programa será reprisado na quarta-feira (18/04), das 8h30 às 10h; na sexta (20/04), das 17h às 18h30 e no domingo (22/04), das 13h às 14h30.

A NBr é captada pelo canal 146 da Sky TV e canais da Net, TV por assinatura, pelos sites da Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) e da Presidência da República, pelo twitter ou youtube.

Fonte: Ascom/Consea

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Assistência Social realiza Curso de Pintura

Capacitar para gerar renda. Esse é um dos objetivos do Curso de Pintura realizado na sede da Secretaria de Assistência Social de Santo Antonio. Várias pessoas já foram capacitadas com o curso e hoje vende seus tecidos, pano de pratos com uma bela pintura. O Curso acontece mensalmente na Secretaria de Assistência Social.





Minha Casa, Minha Vida: Santo Antonio será contemplada com 50 casas



O município de Santo Antonio será contemplada com 50 casas através do Governo Estadual no Programa Minha Casa, Minha Vida do Governo Federal. Nesta quinta-feira, 12 de abril, o Ministério das Cidades divulgou a lista dos municípios contemplados pelo Programa.

No início deste ano o setor de Habitação de Santo Antonio participou de encontro realizado em Natal/RN, onde se cadastrou para o referido programa. Agora a equipe de Habitação já está entrando em contato com a SETHAS/RN para dar andamento no processo e viabilizar as construções.


O município de Santo Antonio, está na lista dos municípios contemplados com 50 unidades habitacionais. No total foram contemplados 139 municípios em todo o estado do Rio Grande do Norte.

Em todo o RN serão construídas 5.690 casas, enquanto que em todo o Brasil um total de 2.582 municípios brasileiros receberão apoio financeiro para construção de 107.348 moradias, no valor de R$ 25 mil cada. Os recursos foram destinados especialmente para cidades com menos de 50 mil habitantes.

O critério de seleção foi o nível de pobreza dos Municípios, ou seja, onde há mais famílias carentes.


Vídeos: Minha casa, minha vida

Dilma anuncia investimentos do Minha Casa, Minha Vida nos pequenos municípios







Ministro das Cidades e prefeitos falam sobre investimentos do Minha Casa, Minha Vida


Meta do Minha Casa, Minha Vida é construir 2,4 milhões de casas até 2014


O governo federal irá investir R$ 2,8 bilhões na construção de 107 mil moradias pelo programa Minha Casa, Minha Vida. Serão beneficiadas as famílias com renda mensal de até R$ 1,6 mil que vivem nas pequenas cidades.
O anúncio dos 2.582 municípios com até 50 mil habitantes selecionados para esta etapa do programa foi feito nesta quinta-feira (12), em Brasília, pela presidenta Dilma Rousseff, que afirmou que, além de melhorar a vida da população, o Minha Casa, Minha Vida significa impulso econômico.
A meta, segundo a ministra do Planejamento, Miriam Belchior, é construir 220 mil moradias para essa faixa de renda nos pequenos municípios.

“Esse investimento significa levar oportunidade de emprego, gerar e fazer rodar o círculo virtuoso. Porque o comércio local vai se desenvolver, as pessoas vão demandar cimento e, assim, como a gente faz justiça social, a gente faz crescimento econômico. É com a mesma engrenagem que as coisas são produzidas”, disse a presidenta.

O governo federal vai conceder subsídio de R$ 25 mil por unidade habitacional construída. Nesta segunda fase, a meta do Minha Casa, Minha Vida é construir 2,4 milhões de unidades habitacionais até 2014.

“Nós fomos cada vez mais melhorando esse programa. Ninguém achava que se devia dar subsídio para fazer a casa própria. Falar em subsídio no Brasil era tabu, não era aceitável. E era impossível resolver o problema sem subsídio, porque a renda das pessoas não suportava o custo da produção. Por isso, esse programa reconhece a obrigação do Estado com as populações que, ao longo dos anos, foram marginalizadas e excluídas da casa própria”, acrescentou Dilma Rousseff.
A presidenta afirmou ainda que o governo federal já construiu 815 mil moradias para a população, o que representa 54% das unidades habitacionais contratadas pelo Minha Casa, Minha Vida.

Fonte:
Blog do Planalto

quinta-feira, 12 de abril de 2012

Estão abertas as inscrições para Pronatec Copa

O Governo Federal acaba de lançar o site para inscrições do Pronatec Copa, cujo objetivo é qualificar o povo brasileiro através dos cursos oferecidos para diversas áreas.


Para participar do Pronatec Copa o interessado deve ter 18 anos ou mais. São oferecidos 32 cursos gratuitos em diversas áreas do setor turístico e também cursos de inglês, espanhol e libras. Essa é sua chance de crescer profissionalmente e ter uma vida melhor.


No Rio Grande do Norte os cursos acontecerão nas cidade de Natal, Baía Formosa, Canguaretama, Maxaranguape, Parnamirim e Tibal do Sul.


Acesse o link e saiba mais: Pronatec Copa

Começa nova fase do Minha Casa, Minha Vida


A segunda etapa do Programa Minha Casa, Minha Vida, que contemplará com habitações municípios de até 50 mil habitantes, deve ser lançado pelo governo deve anunciar hoje (12). O público alvo deve ganhar até três salários mínimos e, desta vez, o programa faz uma compatibilização com as metas do Programa Brasil sem Miséria. A primeira fase do programa se destinava a municípios com densidade populacional entre 50 mil a 100 mil habitantes.

A diretora do Departamento de Produção Habitacional do Ministério das Cidades, Maria do Carmo Avesani, deu a informação ao participar de audiência pública na Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara Federal. Ela ouviu muitas críticas de representantes da sociedade civil pelo cancelamento do leilão que estava previsto para janeiro deste ano. A diretora explicou que o adiamento foi decidido porque o governo entendeu que estava havendo um deslocamento do programa em relação aos próprios objetivos do governo para com as populações mais pobres.

Depois de levantada a demanda de habitações a nível nacional houve o entendimento de que o Minha Casa, Minha Vida deveria estar também atrelado ao programa Brasil sem Miséria, explicou. A diretora disse que o tempo perdido alegado pelos debatedores, na audiência pública, pode ser recuperado se os gestores municipais se empenharem em fazer a sua parte "de forma ágil, fixando seus orçamentos e finalizando de forma rápida os projetos".

Segundo Maria do Carmo, 4 mil municípios se inscreveram para a fase dois do Minha Casa, Minha Vida, entre os 4.900 enquadrados como potenciais beneficiários. Esse número de inscrições, segundo ela, mostrou "o quanto o programa é importante", pois elege grande parte dos municípios brasileiros. O déficit de habitações na zona rural é muito maior que na urbana, por isso as cidades devem começar a entender.

O presidente do Fórum de Secretários de Habitação de Mato Grosso do Sul, Carlos Marun, teme que o cancelamento do leilão em janeiro provoque retardo considerável nas obras, com reflexos sobre a economia local em muitos municípios, uma vez que muitos já haviam se programado para fazer as obras. Ele avalia que, sendo 2012 um ano eleitoral os gestores municipais vão estar muito ocupados com o pleito, o que pode afetar o ritmo esperado para as construções.


Fonte: santoantoniooficial.blogspot.com.br

quarta-feira, 11 de abril de 2012

PETI de Santo Antonio criará uma horta e homenageará as Mães


O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI, de Santo Antonio vai criar uma horta para as crianças cultivarem e colher ortálicas. A informação foi dada pela coordenadora do programa, Karina Costa, em entrevista ao Programa de rádio Assistência em Ação, na quarta-feira, 11. Segundo Karina, no próximo mês será realizado a comemoração em homenagem as mães das crianças que participam do PETI.

Várias atividades serão realizadas com as mães como corte de cabelo, maquiagem, apresentações e atendimento social. A coordenadora agradeceu ao apoio que a prefeitura de Santo Antonio através Secretaria Municipal de Assistência Social vem dando ao programa. "Este ano o PETI implantou a Brinquedoteca e sala de vídeo", informou Karina.ção do Trabalho Infantil - PETI, de Santo Antonio vai criar uma horta para as crianças cultivarem e colher ortálicas. A informação foi dada pela coordenadora do programa, Karina Costa, em entrevista ao Programa de rádio Assistência em Ação, na quarta-feira, 11. Segundo Karina, no próximo mês será realizado a comemoração em homenagem as mães das crianças que participam do PETI.Várias atividades serão realizadas com as mães como corte de cabelo, maquiagem, apresentações e atendimento social.

A coordenadora agradeceu ao apoio que a prefeitura de Santo Antonio através Secretaria Municipal de Assistência Social vem dando ao programa. "Este ano o PETI implantou a Brinquedoteca e sala de vídeo", informou Kari


Karina Costa, coordenadora do PETI

SENAC/RN OFERTA 2.861 BOLSAS DE ESTUDOS GRATUITAS PARA ESTUDANTES DE ESCOLAS ESTADUAIS


O Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac/RN) oferecerá 2.861 bolsas de estudos gratuitas, com a finalidade de beneficiar estudantes de 56 escolas estaduais norte-rio-grandenses, por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

Os cursos profissionalizantes em áreas como informática, turismo, gestão e beleza, beneficiarão jovens dos municípios de Assú, Caicó, Macaíba, Mossoró, Natal e Parnamirim. As inscrições começam na próxima segunda?feira (26) e seguem até o dia 30. Os interessados em concorrer às vagas devem ser alunos regulares do ensino médio ou da educação de jovens e adultos das entidades de ensino listadas abaixo - previamente selecionadas pela Secretária Estadual de Educação.

Para se inscrever, eles devem procurar as secretarias de suas escolas, que farão uma pré-matrícula. A seleção será feita pela SEEC e o resultado será divulgado no dia 11 de abril, no site www.seec.rn.gov.br.

O que é o Pronatec?

Por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), o Governo Federal, em parceria com os governos estaduais, municipais, Sistema "S" e institutos federais, está oferecendo bolsas de estudo e financiamento para cursos de qualificação profissional. A meta é que oito milhões de pessoas possam ter acesso a oportunidades de capacitação até 2014.

O Senac é um dos parceiros dessa iniciativa, oferecendo cerca de 13 mil vagas gratuitas entre 2011 e 2012, beneficiando as populações dos municípios de Assú, Caicó, Macaíba, Mossoró, Natal e Parnamirim. A prioridade é atender estudantes do Ensino Médio e de Educação de Jovens e Adultos de baixa renda, bem como beneficiários de programas de transferência de renda, a exemplo do Bolsa-Família.

Fonte: http://www.rn.senac.br/

Cursos do Brasil Sem Miséria recebem, por semana, 4 mil beneficiários de programas sociais


Alunos de capacitação de estados parceiros do governo federal no plano de superação da extrema pobreza são inscritos no Cadastro Único, não perdem o Bolsa Família nem o BPC e têm direito a transporte, alimentação e material didático (Foto: Ana Nascimento/MDS)

Brasília, 10 – Quatro mil alunos têm ingressado, por semana, nos cursos de capacitação profissional oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Brasil Sem Miséria em todo o país. Os dados da Secretaria Extraordinária para Superação da Extrema Pobreza, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), mostram o bom desempenho da estratégia de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria.

Ao todo, são 18.972 alunos em sala de aula, distribuídos em todos os estados que pactuaram as capacitações com o MDS. De acordo com o diretor de Inclusão Produtiva do ministério, Luiz Müller, o crescente aumento no número de alunos em sala de aula é reflexo de um trabalho iniciado a partir da criação do plano, em junho do ano passado.

“Em 2011, o trabalho do MDS foi focado na pactuação de vagas com os estados. A partir deste ano, as vagas começaram a ser executadas plenamente. Até o fim de 2012, vamos atingir a meta de 230 mil alunos em todo o país”, diz Müller.

Entre as demandas estaduais, destaque para a Bahia, que lidera o ranking de alunos cursando as capacitações profissionais, com 5.077 matrículas confirmadas. “Além de ser um dos estados que mais pactuaram vagas, eles estão em crescente ascensão econômica e têm uma demanda grande nas áreas de construção civil e serviços”, assinala o diretor.

Podem participar os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. As inscrições são feitas nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras).

Beneficiários de programas sociais como o Bolsa Família e o Benefício de Prestação Continuada (BPC) não perdem o benefício por se matricularem em cursos do Pronatec em qualquer município. Todos os candidatos selecionados recebem também auxílio transporte e alimentação, além de material didático gratuito.

Fonte: Fernanda Lattarulo
Ascom/MDS
(61) 3433-1021

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão


LEI Nº 10.439, DE 30 DE ABRIL DE 2002.

Institui o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial e dá outras providências.

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º É instituído o "Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial", a ser comemorado anualmente no dia 26 de abril, com o objetivo de conscientizar a população sobre o diagnóstico preventivo e o tratamento da doença.

Art. 2º Na semana que antecede ao dia fixado no art. 1º, o Ministério da Saúde é autorizado a desenvolver, em todo o território nacional, campanhas educativas de diagnóstico preventivo da hipertensão arterial e de doenças cardiovasculares em geral.


O que é a Hipertensão Arterial?

Hipertensão arterial ou pressão alta ocorre quando a pressão sistólica (pressão arterial quando o coração se contrai bombeando o sangue) em repouso é superior a 140 mm Hg ou quando a pressão diastólica (quando o coração relaxa entre duas batidas) em repouso é superior 90 mm Hg ou ambos.

A hipertensão, embora pouco conhecida, atinge uma média de 20% a 25% da população brasileira, sendo que esta estatística sobe para 50% nas faixas etárias mais avançadas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) apontou-a como uma das 10 principais causas de morte no mundo. Além disso, a hipertensão é um fator agravante para as doenças cardiovasculares – a número um em causa de mortes no planeta.

Por ser um grave problema na idade adulta é que a prevenção deve começar desde a infância. Irritabilidade, ganho de peso e crescimento inadequados, cansaço excessivo durante as mamadas e os exercícios físicos são sintomas da Hipertensão Arterial. Porém, na maioria dos casos, a criança não apresenta indícios da doença.

Tipos de hipertensão

Existem dois tipos de hipertensão arterial (HA): hipertensão primária e secundária. A HA primária caracteriza-se por não apresentar uma causa conhecida, enquanto na HA secundária já é possível identificar uma causa para a hipertensão, como por exemplo problemas renais, problemas na artéria aorta, tumores (feocromocitoma) e algumas doenças endocrinológicas.

Diagnóstico


O ideal é medir a pressão pelo menos a cada seis meses, ou com intervalo máximo de um ano. Assim é possível se diagnosticar a doença tão logo ela surja. A pressão considerada normal está abaixo de 13 por 8,5. A faixa de risco está entre 13 por 8,5 e 13,9 por 8,9. Hipertenso é todo indivíduo que tenha pressão igual ou acima de 14 por 9.
Prevenção

Como medida de prevenção, deve-se controlar os fatores de risco, como o excesso de peso, sedentarismo, elevada ingestão de sal, baixa ingestão de potássio e consumo excessivo de álcool e, em alguns casos, intolerância à glicose e diabete, tabagismo, estresse e menopausa. A doença tem tratamento, mas não cura, o que acaba onerando, em muito, os gastos pessoais do doente e o investimento do serviço público de saúde.

Doença silenciosa, ela ocorre porque os vasos nos quais o sangue circula se contraem e fazem com que a pressão do sangue se eleve. Essa elevação da pressão acaba causando danos à cama da interna dos vasos, fazendo com que se tornem endurecidos e estreitados, podendo, com o passar dos anos, entupir ou romper-se. Isso pode levar a problemas sérios, como Angina e Infarto,"derrame cerebral" ou AVC, e a paralisação dos rins.



Enviado por: Marineide Clemente - Assistente Social

Fonte: hcnet.usp/www.planalto.gov.br

Prefeitura de Santo Antonio inicia Cursinho Pré Vestibular



O Prefeito Dr. Gilson Geraldo participou oficialmente do início das atividades do Cursinho Pré-Vestibular oferecido gratuitamente pela Prefeitura de Santo Antonio. O evento, organizado pela equipe da Secretaria de Educação, foi realizado nesta terça-feira (10) e serviu para introduzir os mais de 200 estudantes selecionados em 2012, além de familiarizá-los com o ambiente que vão encontrar a partir de agora.

Dr. Gilson falou sobre a importância em ajudar os alunos que buscam um lugar na academia. "Queremos que todos vocês entendam o valor do comprometimento, pois se a Prefeitura oferece essa oportunidade é para apoiar todos os que se esforçam e trilham o caminho rumo ao sucesso". O Prefeito aproveitou o momento para agradecer o empenho e a colaboração de todos os envolvidos para que mais uma turma fosse formada.



As aulas vão até o período do vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), e são ministradas nas dependências do CAIC. O curso é totalmente gratuito e contempla os moradores de Santo Antonio-RN, que buscam aprovação em processos seletivos de instituições de ensino superior.

Fonte: Blog do Audy

Prefeito visita obras na zona rural de Santo Antonio



O prefeito Dr. Gilson Geraldo realizou uma série de visitas a diversas obras na zona rural do do município de Santo Antonio.

Ele esteve no Jucá, onde está sendo feita as obras de reforma e ampliação da escola daquela comunidade, de lá seguiu para Lagoa da Cobra onde está sendo feita a reforma da Unidade de Saúde que vai contar com ambulatório, consultório médico, dentista e enfermagem.

As obras estão previstas para serem inauguradas no mês de junho de 2012. O prefeito ressalta que a melhoria na estrutura dos prédios vem fortalecer a permanência do homem do campo, na zona rural.


Fonte: santoantoniominhhacidade.blogspot.com

terça-feira, 10 de abril de 2012

Coordenadora do PETI será entrevistada no Programa Assistência em Ação


Karina Costa - coordenadora do PETI

O Programa de rádio da Secretaria Municipal de Assistência Social - Assistência em Ação, desta quarta-feira, 11, terá a participação da coordenadora do PETI de Santo Antonio, Karina Costa. Na ocasião Karina vai falar como está funcionando o Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI. O programa Assistência em Ação, vai ar, a partir das 8h30, com apresentação de Flavio Luiz e Lenilson Mascena, na técnica, logo após o programa Bom dia Santo Antonio, bom dia agreste, através das rádios Jacu FM e Agreste AM de Santo Antonio.


Flavio Luiz - apresentador do Programa Assistência em Ação

Carteira do Idoso atinge 1 milhão de emissões



O Brasil emitiu 1.005.776 Carteiras do Idoso de 2007 até hoje. O documento dá acesso à gratuidade ou ao desconto mínimo de 50% no valor das passagens interestaduais, seja de ônibus, trens ou barcos. A Carteira do Idoso é fornecida pelas secretarias municipais de Assistência Social, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Trata-se de direito garantido pelo Estatuto do Idoso. Até maio do ano passado, o número de carteiras emitidas era de 393 mil, portanto, de lá pra cá, ele praticamente triplicou. Para a secretária adjunta da Secretaria Nacional de Assistência Social do MDS, Valéria Gonelli, o volume de emissões demonstra o empenho na efetivação dos direitos estabelecidos no Estatuto do Idoso.

Têm direito à Carteira do Idoso pessoas com 60 anos ou mais que não tenham como comprovar renda individual igual ou inferior a dois salários mínimos. Para obter o documento, o idoso deve procurar a secretaria municipal ou o Centro de Referência de Assistência Social (Cras) de seu município, onde será feita a inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Com a inclusão, o idoso receberá o Número de Identificação Social (NIS), que permite a solicitação da carteira por meio do programa que gerencia o Sistema Único de Assistência Social (SuasWeb). Caso o idoso já tenha seus dados no Cadastro Único e seu NIS, a carteirinha será solicitada a partir dele. A carteira vale por dois anos e a renovação está sujeita à atualização dos dados cadastrais.

A legislação estabelece que as empresas do sistema de transporte coletivo interestadual reservarão duas vagas gratuitas por veículo para idosos com renda igual ou inferior a dois salários mínimos. O desconto mínimo de 50% no valor da passagem se dará caso haja demanda acima das vagas gratuitas. De acordo com o decreto de 2006, para ter direito ao desconto o idoso deverá adquirir o bilhete pelo menos seis horas antes de viagens de até 500km e 12 antes de viagens acima de 500km. No dia da viagem, o idoso deverá comparecer ao terminal de embarque pelo menos 30 minutos antes da saída, para não perder o benefício.

Quem tem como comprovar renda não precisa da Carteira do Idoso para ter acesso às passagens interestaduais gratuitas ou ao desconto. Basta apresentar o comprovante e o documento de identidade.

O gestor de assistência social que necessitar de mais informação sobre a Carteira do Idoso pode acessar o Portal do MDS. O idoso pode tirar dúvidas aqui ou ligar para o MDS pelo 0800 707 2003.

Documento dá acesso gratuito ou a desconto mínimo de 50% em passagens interestaduais, contemplando a população mais pobre. Fornecido pelas secretarias municipais em parceria com o MDS, requer a inclusão do beneficiário no Cadastro Único e atende a direito estabelecido pelo Estatuto do Idoso.

Fonte: Sandra Fontella - Ascom/MDS

Consea tem nova presidenta indicada



Maria Emília Pacheco, indicada para assumir a presidência do Consea na gestão 2012/13, Brasília, 4 – O conselho representa um espaço importante de construção da democracia, de políticas públicas e de críticas construtivas de diferentes olhares, disse a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, na plenária do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), nesta quarta-feira (4), em Brasília. A ministra conduziu a cerimônia de indicação do novo presidente do colegiado para o mandato 2012/2013.

Representando a sociedade civil organizada por meio das ONGs Articulação Nacional de Agroecologia (ANA) e o Fórum Brasileiro de Segurança Alimentar e Nutricional, a conselheira Maria Emília Pacheco foi indicada por unanimidade pelos membros do conselho para substituir Renato Maluf, que comandou o Consea nos últimos quatro anos. Seu nome será submetido à aprovação da presidenta Dilma Rousseff, que tem o poder de vetar ou confirmar a indicação. A posse do novo presidente está marcada para 17 de abril, às 11h, no Palácio do Planalto.

A importância do Consea como local de discussão das áreas de segurança alimentar e nutricional e saúde, além de um conjunto amplo de ministérios que tem ajudado a construir a intersetorialidade, foi ressaltada pela ministra Tereza Campello. “Conseguimos conquistar políticas públicas, como o Plano Safra da Agricultura Familiar, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) hoje referência em todo o mundo, a agenda do convívio com o Semiárido, as políticas de acesso à água e, em franco desenvolvimento, das cadeias socioambientais. O Consea foi fundamental na construção de toda essa agenda.”

Conforme lembrou a ministra, governo e sociedade, juntos, estão construindo o Plano Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional. “O grande desafio agora é implantar o Sistema Nacional de Segurança Alimentar (Sisan) nos estados e municípios. O conselho tem importante papel nesse desafio.”


Fonte:Adriana Scorza - Ascom/MDS

O PROERD continua com força total em Santo Antonio



O Prefeito Municipal, Dr. Gilson Geraldo, reconhecendo a importância da prevenção por meio da educação renovou parceria com o Programa Educacional de Resistências às Drogas e à Violência – PROERD. Trata-se de um programa de caráter social e preventivo que é desenvolvido uma vez por semana em sala de aula, durante quatro meses em média, nas escolas de ensino público e privado para os alunos que estejam cursando o 5º Ano do Ensino Fundamental.

As atividades do PROERD serão iniciadas na próxima quinta-feira (12/04) com atendimento a 486 alunos das seguintes escolas:

EM José Alexandre de Lima – 20 alunos
EM Manoel Maria de Lemos – 18 alunos
EM Maria Umbelino de Melo – 198 alunos
EE Manoel Dantas – 72 alunos
EE Alexandre Celso Garcia – 67 alunos
EE Dr. Hélio Barbosa de Oliveira – 35 alunos
EE Júlia Auta de Oliveira – 21 alunos
Ideal Colégio e Curso – 55 alunos

A equipe do PROERD no agreste é coordenada pelo SD PM Júlio Cesar e os PMs Eduardo, Clayton e Hélcio serão os instrutores que aplicarão a metodologia do programa em nosso município.

Fonte: santoantoniominhacidade.blogspot.com

Blog da Assistência Social de Santo Antonio está entre os mais acessados




Tradicionalmente todo mês o blog VNT da cidade de Várzea divulga uma lista com os 10 blogs mais acessados do Agreste e Litoral Sul. A pesquisa é realizada através do site Norte-Americano Alexa, que avalia o desempenho dos sites/blogs de todo o mundo na web.

A lista do VNT foi divulgada no dia 31/03/2012 com mais de 50 blogs citados, os blogs da cidade de Santo Antônio, RN ficaram numa boa colocação.

Confira a lista com a colocação de cada um:


Ranking de MARÇO/2012
1º -1º - Os amigos da Onça – Santo Antônio – Traffic Rank: 159,697
2º - 11º- Salto na Rede - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 536,648
3º - 14º - Dede Camilo - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 854,705
4º - 15º- Santo Antonio Minha Cidade - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 1,139,941
5º - 18º- Salto da Onça - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 1,826,168
6º - 21º- Santo Antonio Oficial - Santo Antonio -Alexa Traffic Rank: 2,015,611
7º - 25º- SMAS - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 3,008,066
8º - 27º- Sec.Mun.Saúde - Santo Antonio - Alexa Traffic Rank: 4,045,485
9º - 28º- Blog do Damião Santo Antônio - Alexa Traffic Rank: 4,104,143
10º -32º- Redenção meu interior - Santo Antônio -Alexa Traffic Rank: 5,003,135
No município o blog da saúde ficou em 8º lugar e 27º no Ranking do Agreste e Litoral Sul.

Desde já agradecemos a você que sempre tem feito uma visita ao nosso blog!

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Bolsa Família informa:


O setor Bolsa Família de Santo Antonio informa aos beneficiários que o problema de acesso ao CadÚnico Versão 7 já está normalizado. Portanto todos que ainda não atualizarão seu cadastro em 2011 ou faz mais de 2 anos que não atualizou PRECISAR COMPARECER a sede da secretaria, a partir de segunda-feira, dia 9, para agendar seu atendimento.

Com o Plano Brasil Sem Miséria, toda família está obrigada a fazer um cadastro no CadÚnico – Cadastro para todos os programas sociais do Governo Federal.

Secretária participou da Páscoa do PETI



A Secretária Municipal de Assistência Social de Santo Antonio, Gorette Gabriel, participou da comemoração da Páscoa no PETI. Na ocasião os Orientadores e os Facilitadores fizeram as entregas de ovos da páscoa para todas as crianças que participam do Programa. A coordenadora do PETI, Karina, agradeceu a presença da Secretária e desejou a todos uma Feliz Páscoa: ! O evento aconteceu na terça-feira, dia 3 de abril.


Que neste dia de Páscoa renasça a alegria da criança que existe em você.
Que o milagre da vida encante você.
Que nossos corações estejam unidos pelos laços do amor e da amizade.

Família PETI

Assistência Social realizou entrega das fichas do peixe



Funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social realizou na manhã de quarta-feira, 4 de abril, a entrega das fichas para as famílias santo-antoniense receberem o PEIXE, que será doado GRATUITAMENTE. A entrega das fichas ocorreu durante toda a manhã, com várias equipes que se dividiram pelos bairros da cidade e de casa em casa entregaram as fichas.

Na ocasião, como acontece toda quarta-feira, o Programa de rádio, ASSISTÊNCIA EM AÇÃO, neste dia, o foi feito ao vivo, acompanhando as equipes e entrevistando alguns moradores que estão estavam recebendo as fichas. "Foi um programa itinerante, cujo objetivo era divulgar o trabalho e escutar dos próprios moradores sobre a entrega dos peixes doado pela prefeitura", disse Flavio Luiz, apresentador do programa. Muitos moradores agradeceram antecipadamente ao prefeito Dr. Gilson, pela atenção e pela distribuição dos peixes.

A entrega do peixe acontece na quinta-feira, dia 5, na quadra de esporte de Santo Antonio, a partir das 8h. Desde em assumiu a prefeitura, Dr. Gilson Geraldo, vem realizando a cada ano a entrega do peixe para população carente do município.


Antes das equipes saírem para os bairros, todos os funcionários se concentraram na sede da secretaria para uma breve orientação e distribuição dos trabalhos.

terça-feira, 3 de abril de 2012

Prefeitura doará Peixe às famílias carentes

A prefeitura de Santo Antonio/RN doará peixe às famílias carentes na próxima quinta-feira Santa, dia 5 de abril de 2012. A Secretaria de Assistência Social entregará as fichas nesta quarta-feira, nas residências das famílias. Serão doadas cerca de 12 toneladas de peixes. Isso mostra a total preocupação do prefeito Dr. Gilson Geraldo em fazer com que as famílias carentem não deixem de ter peixe na Semana Santa.

Desde em assumiu a Prefeitura Municipal de Santo Antonio, o prefeito Dr. Gilson, vem realizando a distribuição de peixe à população na Semana Santa. A distribuição do peixe ocorrerá de forma indiscriminada e igualitária para todos. As equipes da Secretaria de Assistência Social sairão às ruas nesta quarta-feita (dia 4 de abril) e, de porta em porta realizarão a distribuição de senhas para famílias de baixa renda.

Para a secretária municipal de Assistência Social, Gorette Gabriel, a organização e distribuição do pescado, mostra que a atual administração do prefeito Dr. Gilson tem uma grande preocupação para com a população, fazendo com que eles tenham uma boa Semana Santa.

CREAS realiza 2ª etapa da capacitação para monitores e facilitadores do PETI

A equipe do CREAS realiza a 2º Etapa do Estudo sobre Orientações Técnicas-Gestão do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil - PETI, de Santo Antonio. A Capacitação acontece na sede da Secretaria de Assistência Social. Na última terça-feira, dia 27, foi realizado a 1ª etapa.

Segue a programação da capacitação da 2ª etapa:

8h30hs – Orientações Técnicas sobre o Estudo de Convivência e Fortalecimento de vínculos para crianças de 6 a adolescentes de 15 anos

Técnica CREAS – Assistente Social - Inês da Silva Bandeira

09:45 hs – Café

10:00hs Implicadores comportamentais e psicológico de situação de violência, desestruturação familiar, carência, negligencia, trabalho infantil, situações insalubres ás crianças; Perfil da criança e ou adolescente negligenciada pelos responsáveis

Objetivo: Traçar um perfil para que os monitores conheçam a demanda PETI.

Técnico CREAS- Psicólogo – Klaus Luiz P. de Morais

11:00 hs – Noções pedagógicas para o trabalho com crianças e adolescentes.

Objetivo: Nortear e orientar as ações pedagógicas e lúdicas que envolve a demanda do PETI

Técnico CREAS – Pedagogo – Marcos Paiva.

Resaltando a importância do PETI no município para a resguardar a integridade das crianças e adolescentes que vivem em situação de trabalho infantil.





O Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), é um programa do Governo Federal de transferência direta de renda para famílias de crianças e adolescentes envolvidos no trabalho infantil.

Com o objetivo de acabar com o trabalho infantil, o PETI concede uma bolsa às famílias com crianças e adolescentes, com idade entre 7 e 15 anos, envolvidos em atividades consideradas como as piores formas de trabalho infantil, assim, a bolsa visa substituir a renda que essas crianças levavam para casa. Esta parceria prioriza uma melhor intervenção de todos os envolvidos no programa, para atender de maneira eficaz e humanizada as necessidades das crianças e adolescentes do referido programa.



Equipe CREAS agradece o respaldo nos dado, já que é uma oportunidade impar de aprendizado sobre um programa tão importante e fundamental para o município, tendo em vista que o futuro depende de como tratarmos nossas crianças hoje, e o CREAS,o PETI a Secretaria Municipal de Assistência Social tem contribuído efetivamente para obtenção de resultados favoráveis nesta luta.

Equipe Técnica CREAS

Coordenação e Serviço Social - Inês da Silva Bandeira
Psicologia – Klaus Luiz P. de Morais
Pedagogo – Marcos Paiva
Técnico Administrativo- Maria Antônia da Costa
ASG- Maria da Luz Xavier

CREAS – Santo Antonio-RN

Localizado a Rua São Vicente de Paula, 72 – Prox. Ao Cemitério Velho – Santo Antônio RN

Tel. 3282-2376

FAÇA A SUA PARTE DENUNCIE !!!